PROJETO VIVA O PEIXE-BOI MARINHO PARTICIPA DA EXPOSIÇÃO #VIVAOCEANO EM ARACAJU

Chamar atenção da sociedade para o impacto que o descarte incorreto do lixo causa nos oceanos e levar conhecimento sobre as espécies marinhas e a importância da conservação dos mamíferos aquáticos, sensibilizando, compartilhando e trocando experiências com o público. Esta foi a proposta da exposição #VivaOceano, que ficou em cartaz no Shopping Jardins, em Aracaju (SE), até o dia 26 de março. A exposição foi promovida pela Fundação Mamíferos Aquáticos, organização social sem fins lucrativos que atua na região com atividades de sensibilização, educação ambiental, com o Subprograma Regional de Monitoramento de Encalhes e Anormalidades - PRMEA  e com o Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

 
Na oportunidade, o Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho exibiu o documentário “Peixe-Boi”, produzido pela NatGeo para a série “No Mar: Um Mergulho no Conhecimento”. O documentário, gravado na Área de Proteção da Barra do Rio Mamanguape, traz para reflexão social a atual situação do peixe-boi marinho no Brasil e os esforços de um trabalho em conjunto (instituições, pesquisadores e comunidade) para tentar proteger o animal e evitar a extinção da espécie. São abordados os aspectos biológicos e ecológicos do mamífero, curiosidades sobre a espécie, cenas inéditas de um manejo para instalação de um equipamento de monitoramento via satélite e o funcionamento desse monitoramento. As belezas naturais da Barra de Mamanguape - em imagens fascinantes de paisagens de mar, estuário e mangue - também foram ressaltadas no vídeo que tem 15 minutos de duração. A equipe do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho ficou disponível para tirar dúvidas sobre a espécie e trocar conhecimento com os visitantes sobre este mamífero aquático que está “em perigo” de extinção no Brasil.
 
O Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho – realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental – é uma estratégia de conservação e pesquisa para evitar a extinção desta espécie no Nordeste do Brasil. Atua nas áreas de pesquisa, tecnologia de monitoramento via satélite, manejo, educação ambiental, desenvolvimento comunitário, fomento ao turismo eco pedagógico e políticas públicas. A orientação para caso alguém encontre um peixe-boi marinho, é manter distância do animal e apenas admirar de longe. Se ele estiver em perigo, machucado ou encalhado, entre em contato com o Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho pelos telefones: (83) 99961-1338/ (83) 99961- 1352 (whatsapp) / (79) 99130-0016.

A exposição #VivaOceano funcionou de segunda a sábado, das 9h às 22h e, aos domingos e feriados, das 14h às 21h, com acesso gratuito. Na ocasião, além de adquirir conhecimento sobre os animais marinhos e o ecossistema brasileiro, os visitantes poderam conhecer a unidade móvel de atendimento e resgate de fauna (Astromóvel), usada para salvamento de animais, e participar de atividades de educação ambiental que incluiram encenações de práticas de salvamento e um Espaço Kids, com ações lúdicas especialmente voltadas para as crianças.  
 
As atividades de monitoramento de Praias, desenvolvidas pela Fundação Mamíferos Aquáticos, fazem parte do Subprograma Regional de Monitoramento de Encalhes e Anormalidades na Área de Abrangência da Bacia Sergipe-Alagoas – PRMEA, medida de avaliação de impactos ambientais exigidas pelo licenciamento ambiental federal, constando a Petrobras como empreendedor e conduzida pelo IBAMA.